Glória do desporto nacional!

Oh, Internacional

Que eu vivo a exaltar

Levas a plagas distantes

Feitos relevantes

Vives a brilhar

Correm os anos, surge o amanhã

Radioso de luz, varonil

Segue a tua senda de vitórias

Colorado das glórias

Orgulho do Brasil

terça-feira, 31 de maio de 2016

Dia Mundial de Luta Contra o Tabaco

O Dia Mundial da Luta contra o Tabaco é celebrado anualmente em 31 de maio.
Também conhecido como "Dia Mundial Sem Tabaco" ou "Dia Contra o Cigarro", esta data tem o objetivo de alertar os fumantes sobre os perigos do tabagismo e para os benefícios de uma sociedade livre de cigarros. O Dia Mundial Contra o Fumo foi criado pela Organização Mundial da Saúde em 1987. Mas, em 1976, Elias Figueroa, já participava de campanhas anti fumo. Diariamente, o jogador aparecia em jornais dando exemplo de gente que não fuma e tem sucesso. 
Figueroa nunca fumou. Na entrevista comentou não acreditar na crença de "quem é homem fuma". Por isso aceitou a participação de campanhas anti fumo: "Aceitei participar porque acho acho uma boa medida. É importante o apoio de um ídolo para transmissão de mensagens positivas". Resultado disso, os torcedores do Inter, chegavam ao estádio procurando Figueroa e, na hora de pedir autógrafo, apresentavam ao zagueiro, além de uma caneta, uma carteira  de cigarros vazia.

Figueroa na campanha promovida pela Associação dos Médica do Rio Grande do Sul, Associação dos Funcionários Liberais do Brasil e as Secretarias da Saúde e de Educação e Cultura, em 1976

Fontes:
Sport Club Internacional
Jornal do Inter - Ano ll - nº 35 - 09/11/1976

quarta-feira, 25 de maio de 2016

Grandes Jogadores do Internacional: Cláudio Antonio do Nascimento

Dando continuidade às postagens sobre os Grandes Jogadores do Sport Club Internacional, hoje apresentamos a ficha dos atleta Claudio Mineiro.Nascido em 18 de julho de 1952 em Belo Horizonte, o jogador Claudio Mineiro veio para o Inter em 1979 como reforço para o time.
Claudio Mineiro fez parte do time comandado pelo técnico Ênio Andrade. Foram 23 partidas disputadas na competição e o colorado não sofreu nenhuma derrota. 
Os colorados puderam comemorar o título inédito de Campeão Brasileiro Invicto, feito que jamais foi igualado até hoje no nosso futebol.
Fonte: Departamento de Futebol.
Tricampeão Invicto de 1979

segunda-feira, 23 de maio de 2016

Goleada no Beira-Rio

Há exatos 40 anos, num domingo à tarde, no dia 23 de maio de 1976, contra o Ferro Carril de Uruguaiana, o INTER proporcionava a maior goleada ocorrida até hoje no Beira-Rio.  Foi pelo campeonato gaúcho de 1976, ano em que o Inter buscava o octacampeonato. O grande Inter do técnico Rubens Minelli que, não encontrou adversário no modesto time de Uruguaiana. 

Súmula do jogo do dia 23 de maio 1976

O goleiro Orlando, de farta barriga, teve de buscar a bola no fundo das redes nada menos do que 14 vezes  Revista Placar, ano 2001
Fonte: Súmula de jogo, Museu do Sport Club Internacional - Ruy Tedesco

quarta-feira, 11 de maio de 2016

Manto Colorado

O primeiro uniforme do Internacional foi a camisa com listras verticais simétricas vermelhas e brancas, gravata nas duas cores, calção branco e meias pretas. Os primeiros fardamentos foram todos confeccionados pela Dona Humbertina Pacheco Fachel em 1909. Veja mais sobre a confecção do primeiro uniforme clicando aqui.
Em 1914 o Internacional adotou aquele que viria a ser seu uniforme atual: camisas vermelhas, escudo na altura do coração, frisos brancos nas mangas e golas, calções e meias pretas (hoje brancas). 

Depois, vários modelos apareceram: a camiseta branca com uma faixa diagonal vermelha; a camiseta totalmente branca, calções e meias vermelhas

Acompanhe nas imagens a evolução dos uniformes colorado.


















Uniforme 2010
Uniforme 2011 
Uniforme 2012
Uniforme 2013
Uniforme 2014
Uniforme 2015 
Uniforme 2016
Fontes: 
A História das camisas dos 12 maiores times do Brasil - Paulo Gini, Rodolfo Rodrigues
Site Sport Club Internacional

segunda-feira, 9 de maio de 2016

Três vezes Hexa!

Ao longo de 95 edições do Campeonato Gaúcho de Futebol o Inter chegou na final de 58 jogos e conquistou 45 títulos do campeonato. Conquistou seu primeiro campeonato em 1927, contra o Grêmio de Bagé, no estádio da Baixada em Porto Alegre, com o resultado de 3 x 1. Gols de Barros(2) e Nenê(1) pelo Inter e Pasqualito(1) Pelo Bagé.
Em 1945, com o Rolo Compressor, foi Hexacampeão, jogando no Estádio da Timbaúva, onde venceu o Pelotas também com resultado de 3 x 1, Tesourinha(2) e Carlitos(1) pelo Inter e Pepito(1) pelo Pelotas. 
 O feito se repetiu quando o relógio eletrônico do Beira-Rio marcava 17h46 min do dia 1º de dezembro de 1974, quando Valdomiro fez o gol que deu pela segunda vez o título de Hexacampeão.

Acompanhe os jogos do Hexacampeonato de 1974:  
O feito se repetiu quando o relógio eletrônico do Beira-Rio marcava 17h46 min do dia 1º de dezembro de 1974, quando Valdomiro fez o gol que deu pela segunda vez o título de Hexacampeão
Acompanhe os jogos do Hexacampeonato de 1974:  

 Manga, Figueroa, Pontes, Claudio, Vacaria, Paulo Cesar, Valdomiro, Escurinho, Falcão, Claudiomiro, Sergio Lima e Lula, foram os heróis do Hexa de 74

Em 2016 o Inter conquista pela terceira vez o título de Hexacampeão do campeonato Gaúcho em jogo no estádio Beira Rio, vitória colorada com o resultado de 3 x 0, gols de Sascha (1), Paulão (1) e Gustavo Ferrareis (1).
As duas equipes já tinham se enfrentado duas vezes em finais do campeonato. Em 1998, com vitória do Juventude. Em 2008 o Internacional venceu o Juventude em uma goleada histórica de 8 x 1.

Campeão 2008 - Fonte: S. C. Internacional
Campeão 2016 - Fonte: S. C. Internacional
Saiba mais: HISTÓRICO JUVENAL
Fontes: 
Sport Club Internacional
Jornal do Inter - Ano I - nº 3 - 15/12/1974
Gauchão -  A história ilustrada de uma tradição. Editora Zero Hora. Ano 2001
Clicrbs/Esportes - 28/04/2016

terça-feira, 3 de maio de 2016

Parabéns Benitez!

Nascido no Paraguai em 03 de maio de 1952, JOSE DE LA CRUZ BENITEZ SANTA CRUZ começou sua carreira na categorias de base do Olímpia. Em 1971 passou ao time principal e seis anos depois transferiu-se para o Internacional, herdando a posição de Manga. Com o Inter foi Campeão Brasileiro Invicto em 1979.
Fonte: Sport Club Internacional
Fonte: Revista Placar - Coleção Grandes Reportagens