Glória do desporto nacional!

Oh, Internacional

Que eu vivo a exaltar

Levas a plagas distantes

Feitos relevantes

Vives a brilhar

Correm os anos, surge o amanhã

Radioso de luz, varonil

Segue a tua senda de vitórias

Colorado das glórias

Orgulho do Brasil

quarta-feira, 30 de julho de 2014

Memórias Coloradas: Paulo Renato Brino Rey

O Colorado Paulo Renato Brino Rey entrou em contato conosco para enviar uma fotografia de seu acervo. A imagem é do jogo Inter X Flamengo, válida pelo Campeonato Brasileiro de 1972. O Internacional entrou em campo com: Schneider, Pontes, Figueroa, Cláudio, Jorge Andrade, Carpegiani, Tovar, Bráulio, Carbone, Claudiomiro, Escurinho, Volmir e Valdomiro; Já o Flamengo jogou com: Renato, Fred, Chiquinho Pastor, Moreira, Rodrigues Neto, Liminha, Vicentinho, Paulo César Caju, Fio, Arílson, Zanata, Caio Cambalhota*. Saímos vitoriosos do confronto, com um placar de 3x1. 

Para Paulo essa imagem representa mais do que apenas mais uma vitória colorada, pois ele está presente na fotografia: era o mascote, agachado ao lado de Valdomiro. 


*Fonte: http://futpedia.globo.com/

terça-feira, 29 de julho de 2014

Excursão invicta pela Europa em 1975

Seguindo a sugestão do colorado Julio Cezar, a equipe do Arquivo Histórico do Sport Club Internacional esteve no Museu da Comunicação Hipólito José da Costa no dia 24 deste mês, realizando uma pesquisa sobre a excursão do Internacional pela Europa no ano de 1975. O material encontrado é muito extenso, a cobertura feita pelos jornais Zero Hora e Folha da Tarde no período da excursão é muito completa. Em 2015 completamos 40 anos desta lendária excursão do Sport Club Internacional, que durou 5 semanas e resultou em 14 jogos, 13 vitórias, 1 empate, 50 gols marcados e apenas 1 gol sofrido. 

Na estréia, a equipe do treinador Rubens Minelli era composta por: Manga; Cláudio Duarte, Figueroa, Hermínio e Vacaria; Tovar, Falcão e Borjão; Valdomiro, Tadeu e Lula, depois entrando Claudiomiro. Abaixo os resultados completos da excursão, que também podem ser conferidos aqui:

23/02/1975 - Ostende (Bélgica) - Internacional 1x 0 Ostende
25/02/1975 - Lancashire (Inglaterra) - Internacional 1x 0 Oldham Athletic
04/03/1975 - Olbia (Itália) - Internacional 12 x 0 Combinado Olbia-Arzachena
06/03/1975 - Cesena (Itália) - Internacional 1x 0 Cesena
08/03/1975 - Newcastle (Inglaterra) - Internacional 3 x 0 Newcastle
11/03/1975 - Stuttgart (Alemanha) - Internacional 1x 0 VfB Stuttgart
13/03/1975 - Pescara (Itália) - Internacional 2 x 0 Seleção de Pescara
16/03/1975 - Benveneto (Itália) - Internacional 1x1 Seleção de Benveneto
19/03/1975 - Tharros (Itália) - Internacional 6 x 0 Tharros
23/03/1975 - Arzachena (Itália) - Internacional 7 x 0 Arzachena
25/03/1975 - Calangianus (Itália) - Internacional 9 x 0 Calangianus
26/03/1975 - Torres (Itália) - Internacional 3 x 0 Torres
29/03/1975 - Istambul (Turquia) - Internacional 2 x 0 Besiktas
30/03/1975 - Istambul (Turquia) - Internacional 1x 0 Fenerbahce

A seguir algumas imagens retiradas dos jornais pesquisados: 


Para saber mais sobre essa excursão lendária, clique aqui. A pesquisa foi realizada nos jornais Zero Hora e Folha da Tarde do período de fevereiro a abril de 1975, que estão disponíveis para consulta no Museu da Comunicação Hipólito José da Costa. O acervo do museu abriga diversos jornais que contam a história do Glorioso Colorado. Vale a pena conferir!

quinta-feira, 24 de julho de 2014

O Internacional e os Papas

O Sport Club Internacional recebeu na manhã de ontem uma correspondência diretamente do Vaticano. É uma resposta ao presente enviado pelo Inter ao Papa Francisco, em virtude de sua visita ao Brasil em 2013: uma camiseta oficial assinada pelo ídolo do Clube, o argentino D'Alessandro. Abaixo a resposta, enviada pela assessoria do Vaticano. 

Fonte: Site do Sport Club Internacional.

Esse não foi o primeiro contato do Internacional com um Papa, e hoje vamos relembrar as outras vezes em que isso aconteceu. Em 2009, em virtude do centenário do Sport Club Internacional, o Para Bento XVI enviou uma mensagem de felicitação para o clube com a seguinte mensagem:  "Sua Santidade, Bento XVI Concede com todo o coração uma especial Benção Apostólica à Direção, Atletas, Funcionários e Torcida do S. C Internacional, por ocasião do seu centenário".

Fonte: Site do Sport Club Internacional.

Em 1980, em sua primeira visita ao Brasil, o Papa João Paulo II entrou para a história do Rio Grande do Sul ao desembarcar em Porto Alegre. Foi a primeira e também a última vez que um Papa pisou em solo gaúcho. João Paulo II chegou a Porto Alegre no dia 04 de julho, mas foi o dia 05 que ficou na história de todos os colorados: o encontro com religiosos e vocacionados que ocorreu no Gigantinho. Abaixo uma das imagens desse momento histórico:

Fonte: Sport Club Internacional.

O outro contato foi através do Papa Paulo VI: uma Benção Papal abençoando o Sport Club Internacional e o Estádio Beira-Rio. Abaixo a imagem, já divulgada anteriormente em nossa página no Facebook: 

Fonte: Sport Club Internacional.

sexta-feira, 18 de julho de 2014

Colaboração: Ayrton Luiz Balsemão

Mais uma colaboração do colorado Ayrton Luiz Balsemão! Abaixo a reprodução do e-mail enviado para arquivohistorico@internacional.com.br : 

"Estou te enviando 2 fotos - uma do Paulinho Almeida, com o agasalho/abrigo da CBD (antiga CBF)... e uma do Sylvio Pirillo, que foi um dos maiores jogadores que já passaram pelo Colorado. Pirillo começou na década de 30, foi vendido para o Penharol -- um dos primeiros negócios com clubes do exterior, depois voltou para o Brasil, jogou pelo Flamengo e Botafogo. Nesses times foi grande ídolo e conquistou muitas glórias. Jogou na Seleção em 1942, onde marcou seis gols. E em 1957 foi treinador da Seleção, antes da jornada da Suécia."




Para saber mais sobre Paulinho Almeida, clique aqui.
Para mais informações sobre Sylvio Pirilo, clique aqui e aqui.

quarta-feira, 16 de julho de 2014

Internacional X Corinthians

Após o final da Copa do Mundo 2014 o Campeonato Brasileiro volta com tudo, e o primeiro desafio do Internacional nesse retorno é o Corinthians.  As duas equipes já se enfrentaram sessenta e seis vezes entre 1967 e 2013, somando dezoito vitórias para o Internacional, vinte e sete empates e vinte e uma vitórias para o time paulista, com um total de cento e trinta e nove gols¹

Fonte: Sport Club Internacional

A rivalidade entre as duas equipes é grande, e podemos dizer que teve início em um domingo, dia 12 de dezembro de 1976, no Estádio Beira-Rio. Cerca de oitenta e quatro mil espectadores acompanharam nas arquibancadas a vitória de 2 x 0 sobre a equipe paulista, que valeu o título do Campeonato Brasileiro daquele ano, o segundo do Internacional. Aos vinte e nove minutos do primeiro tempo, após uma cobrança de falta, Dadá Maravilha marcou de cabeça e abriu o placar no Beira-Rio, levando a torcida a acreditar mais ainda no título.  O segundo gol saiu aos doze minutos do segundo tempo, dos pés de Valdomiro. Abaixo duas imagens do momento do gol que garantiu o Campeonato Brasileiro de 1976 para o Internacional.

Fonte: Sport Club Internacional

Fonte: Sport Club Internacional

Não deu outra: Internacional Bi-Campeão do Brasil em 1976! 

Fonte: Sport Club Internacional

Após relembrarmos essa conquista, agora é esperar a partida de amanhã e torcer para mais uma vitória do Sport Club Internacional sobre o Corinthians! Contamos com a torcida de todos os colorados! 

¹ Fonte: http://futpedia.globo.com/

segunda-feira, 14 de julho de 2014

Em clima de Copa do Mundo: Atletas Estrangeiros

Encerramos hoje as postagens Em clima de Copa do Mundo com os atletas estrangeiros que disputaram Copas do Mundo pelas Seleções de seus países. São jogadores de cinco nacionalidades: três argentinos,  três chilenos, quatro paraguaios e cinco uruguaios.

Começamos a lista com o atacante uruguaio Julio Gervasio Pérez Gutiérrez.  Julio Pérez nasceu em 19 de junho de 1926 em Montevidéu/Uruguai. Estreou como jogador profissional vestindo a camisa do Racing de Montevideo, em 1945. Antes de chegar ao Internacional jogou ainda pelo River Plate e pelo Nacional, ambos clubes uruguaios. Jogou no Inter em 1957, deixando o Clube no início de 1958 sem conquistar nenhum título, passando a defender o Sud América do Uruguai. 

Pela Seleção Uruguaia Julio Pérez disputou as Copas do Mundo de 1950 e 1954. Em 1950, no Brasil, foi campeão em pleno o Maracanã. Faleceu em 22 de setembro de 2002.

Fonte: Departamento de Futebol


Outro uruguaio que vestiu a camiseta do Internacional foi o atacante José Eusebio Urruzmendi Aycaguer. Urruzmendi nasceu em 25 de agosto de 1944, e defendeu as equipes do Nacional (Uruguai), Independiente (Argentina), Defensor (Uruguai), Estudiantes de Mérida (Venezuela), Fénix (Uruguai) e La Luz (Uruguai). Jogou no Inter em 1969 e conquistou o Campeonato Gaúcho daquele mesmo ano. Sua participação em Copas do Mundo foi em 1966. 

Fonte: Departamento de Futebol.

Agora é a vez de falarmos de um dos maiores ídolos do Sport Club Internacional, e o maior nome estrangeiro da história do Clube: Elías Ricardo Figueroa BranderFigueroa nasceu em Valparaíso/Chile, no dia 25 de outubro de 1946. Antes de chegar a Porto Alegre Figueroa passou pelo Unión La Calera (Chile), Santiago Wanderers (Chile) e Peñarol (Uruguai). 

Chegou ao Internacional em 1971 e acumulou diversas conquistas: Campeonato Citadino (1972), Campeonato Gaúcho (1971, 1972, 1973, 1974, 1975 e 1976) e Campeonato Brasileiro (1975 e 1976). O capitão da equipe colorada é lembrado por ser um jogador quase perfeito, que jogava com precisão e garra. Autor do "Gol iluminado" na final do Campeonato Brasileiro de 1975, em cima do Cruzeiro, Figueroa deixou sua marca na história do Internacional e trouxe para os colorados a alegria de ser Campeão Brasileiro. Deixou o Internacional em 1977.

Jogando pela Seleção Chilena Figueroa fez sua estréia em 1965 e teve sua primeira participação em Copas do Mundo em 1966, na Inglaterra. Ainda disputou as Copas de 1974 (onde foi eleito o melhor zagueiro da competição), na Alemanha, e 1982, na Espanha. Para saber mais sobre esse ídolo colorado, clique aqui.

Fonte: Sport Club Internacional


O meia esquerda Ruben Walter Paz Marquez nasceu 08 de agosto de 1959 em Artigas/Uruguai. Rubén Paz foi um dos grandes nomes do Internacional no início da década de 80, sendo considerado um dos maiores meias do mundo daquela década. Chegou ao Inter em 1982, vindo do Penãrol e permaneceu até 1986, conquistando os títulos do Campeonato Gaúcho dos anos de 1982, 1983 e 1984. 

Após deixar o Internacional, Rubén Paz jogou pelos seguintes clubes: Racing de Paris (França), Racing (Argentina), Genoa (Itália), Rampla Juniors (Uruguai), Frontera Rivera Chico (Uruguai), Godoy Cruz (Argentina), Wanderers de Artigas (Uruguai), Nacional de San José (Uruguai), Tito Borjas (Uruguai), Pirata Juniors (Uruguai). Pela Seleção do Uruguai Rubén Paz jogou as Copas do Mundo de 1986 e 1990. Para saber mais sobre esse atleta, clique aqui.

Fonte: Departamento de Futebol

Outro chileno que passou pelo Internacional foi Juan Carlos Letelier Pizarro. Natural de Valparaíso/Chile, nasceu em 20 de maio de 1959. Tem no currículo os seguintes Clubes: Santiago Wanderers (Chile), Audax Italiano (Chile), Cobreloa (Chile), Independiente Medellín (Colômbia), La Serena (Chile), Cruz Azul (México), Antofagasta (Chile), Universitario (Peru), Caracas (Venezuela), Sporting Cristal (Peru). Letelier jogou no Inter apenas no ano de 1990, e deixou sua marca fazendo o gol que salvou o Clube do rebaixamento naquele ano. Pela Seleção Chilena disputou a Copa do Mundo de 1982.

Fonte: Departamento de Futebol

Roberto Eládio Fernandez Roa nasceu em 09 de julho de 1954, em Assunção/Paraguai, e é mais um dos nomes da nossa lista. O goleiro Gato Fernandez, como ficou conhecido, atuou nos seguintes clubes: River Plate (Paraguai), Español (Espanha), Deportivo Cali (Colômbia), Cerro Porteño (Paraguai) e Palmeiras (Brasil). Jogou no Internacional entre 1991 e 1993 e conquistou o Campeonato Gaúcho (1991 e 1992) e a Copa do Brasil (1992). Disputou a Copa do Mundo de 1986 pela Seleção do Paraguai. 

Fonte: Departamento de Futebol.

O argentino Sergio Javier Goycochea nasceu em Buenos Aires/Argentina no dia 14 de dezembro de 1963.  O goleiro Goycochea fez sua fama enquanto jogava no River Plate, clube pelo qual conquistou a Copa Libertadores da América e a Copa Intercontinental de 1986. Jogou ainda pelo Cerro Porteño (Paraguai), Olimpia (Paraguai), Millonarios (Colombia), Vélez Sarsfield (Argentina), Newell´s Old Boys (Argentina) e Racing (Argentina).

Jogou no Internacional entre 1995 e 1996, não conquistando nenhum título nesse período. Participou da Copa do Mundo de 1990, sendo um dos melhores jogadores da Seleção Argentina na competição. Sua atuação fez com que a Argentina chegasse na final, onde foi derrotada pela Alemanha. 

Fonte: Departamento de Futebol. 

O paraguaio Júlio César Enciso Pereira nasceu em Capiatá/Paraguai no dia 05 de agosto de 1974. Começou a carreira no Cerro Portenho (Paraguai) e passou a atuar no Internacional em 1996. O volante ágil e de jogadas precisas permaneceu no Clube até 2000, tendo conquistado o Campeonato Gaúcho de 1997. Pela Seleção do Paraguai jogou a Copa do Mundo de 1998, na França.

Fonte: Sport Club Internacional

Outro paraguaio da lista é Carlos Alberto Gamarra Pavón. Nascido no dia 17 de fevereiro de 1971, em Ypacaraí/Paraguai, o zagueiro iniciou a carreira no Cerro Porteño (Paraguai) em 1991. Na sua carreira jogou pelos seguintes clubes: Independiente (Argentina), Benfica (Portugal), Corinthians (Brasil), Atlético de Madrid (Espanha), Flamengo (Brasil), AEK Atenas (Grécia), Internazionale (Itália), Palmeiras (Brasil), Ethnikos Piraeus (Grécia) e Olimpia (Paraguai). Jogou no Internacional entre 1995 e 1997, conquistando o Campeonato Gaúcho de 1997. 

Pela Seleção paraguaia disputou as Copas de Mundo de 1998, 2002 e 2006. Em 1998 foi eleito o melhor zagueiro da competição, tendo disputado quatro partidas sem fazer nenhuma falta. 

Fonte: Departamento de Futebol.

Diego Antônio Gavilán Zarate foi outro jogador paraguaio que jogou no Internacional e também disputou Copas do Mundo. Gavilán nasceu em 01 de março de 1980 em Assunção/Paraguai e iniciou a carreira em 1998 como volante no Cerro Porteño (Paraguai). Nesses dezesseis anos de carreira Gavilán passou pelos seguintes clubes: Newcastle (Inglaterra), UAG Tecos (México), Udinese (Itália), Newell's Old Boys (Argentina), Grêmio, Flamengo, Portuguesa, Independiente (Argentina), Olimpia (Paraguai), Juan Aurich (Peru) e Independiente Campo Grande (Paraguai). Defendeu a Seleção paraguaia nas Copas do Mundo de 2002 e 2006. 

Fonte: Departamento de Futebol

Gonzalo Sorondo Amaro Sorondo nasceu em Montevidéu/Uruguai no dia 09 de outubro de 1979. Iniciou a carreira em 1998 no Defensor Sporting (Uruguai), onde jogou até 2001. Já atuou pelos seguintes clubes: Internazionale (Itália), Standard de Liège (Bélgica), Crystal Palace (Inglaterra), Charlton Athletic (Inglaterra), Charlton Athletic (Inglaterra), Grêmio (Brasil) e atualmente joga pelo Defensor Sporting. O zagueiro chegou ao Internacional em 2007, vindo do  Defensor Sporting, e atuou no clube até 2011. Esteve presente nas conquistas do Campeonato Gaúcho (2008, 2009, 2011), da Copa Sul-Americana (2008), da Copa Suruga (2009), da Copa Libertadores da América (2010) e da Recopa Sul-Americana (2011). Pela Seleção do Uruguai jogou a Copa do Mundo de 2002.

Fonte: Departamento de Futebol.

Mais um argentino na nossa lista: Roberto Carlos Abbondanzieri. O goleiro Pato Abbondanzieri nasceu em 19 de agosto de 1972, em Bouquet - Santa Fé/Argentina, e começou a carreira no Rosario Central (Argentina). Passou pelos seguintes clubes: Boca Juniors (Argentina), Getafe (Espanha) e Boca Juniors (Argentina). Chegou ao Inter em 2010, vindo do Boca Juniors (Argentina) e conquistou a Copa Libertadores daquele ano. Pela Seleção Argentina jogou a Copa do Mundo de 2006. Encerrou a carreira em 2010, após o Mundial de Clubes.

Fonte: Departamento de Futebol.

Mario Ariel Bolatti nasceu em 07 de fevereiro de 1985,  em La Para/Argentina. Começou sua carreira como profissional no Belgrano (Argentina), em 2003. Atuou nas seguintes equipes: Porto (Portugal), Huracán (Argentina), Fiorentina (Itália), Racing (Argentina) e atualmente joga pelo Botafogo (Brasil). Jogou no Internacional entre 2011 e 2012, conquistando o Campeonato Gaúcho (2011 e 2012) e a Recopa Sul-Americana (2011). Pela Seleção Argentina disputou a Copa do Mundo de 2010.

Fonte: Sport Club Internacional.

O uruguaio Diego Forlán Corazo nasceu em Montevidéu em 19 de maio de 1979. Começou sua carreira como profissional no Independiente (Argentina) em 1997. Passou pelos seguintes clubes: Manchester United (Inglaterra), Villarreal (Espanha), Atlético de Madrid (Espanha), Internazionale (Itália) e atualmente joga pelo Cerezo Osaka (Japão).  Jogou no Internacional entre 2012 e 2013, conquistando o Campeonato Gaúcho de 2013. 

Forlán tem 112 jogos pela Seleção uruguaia e disputou as Copas do Mundo de 2002, 2010 e 2014, sendo eleito o melhor jogador da Copa de 2010. 

Fonte: Sport Club Internacional

Encerrando a nossa lista temos o chileno Charles Mariano Aránguiz Sandoval. Natural de Puente Alto/Chile, Aránguiz nasceu em 17 de abril de 1989. Começou a carreira como profissional no Cobreloa (Chile), em 2006. Antes de chegar ao Internacional, o jogador passou pelos seguintes clubes: Cobresal (Chile), Colo-Colo (Chile), Quilmes (Argentina) e Universidad de Chile (Chile). Estreou com a camisa colorada no dia 02 de fevereiro 2014, contra o Cruzeiro/POA, numa partida válida pelo Gauchão, e ajudou o Internacional na conquista do Campeonato. Defendeu a equipe do Chile na Copa do Mundo de 2014.

Fonte: Sport Club Internacional.

As postagens Em clima de Copa do Mundo foram possíveis graças às pesquisas realizadas pela Equipe de Pesquisa do Museu do Sport Club Internacional Ruy Tedesco, e a colaboração entre o Arquivo Histórico e o Departamento de Futebol. A documentação apresenta a ligação do atleta com o Sport Club Internacionale mostra como os jogadores eram quando passaram pelo Clube. 

O Arquivo histórico agradece a todos os sócios e torcedores que acompanharam nossas postagens nesse período de Copa, e espera continuar contando com as visualizações de todos vocês.

Saudações Coloradas!

quinta-feira, 10 de julho de 2014

Em clima de Copa do Mundo: Atletas a partir do ano 2000

Em mais uma postagem Em clima de Copa do Mundo, hoje trazemos a vocês os jogadores que atuaram no Internacional  a partir do ano 2000: Dida, Juan, Jô, Oscar, Nilmar, Júnior Baiano e Lúcio. 


Dida

Nelson de Jesus Silva, mais conhecido como Dida, nasceu em 07 de outubro de 1973 em Irará/BA. Iniciou a carreira como profissional no Esporte Clube Vitória, em 1992. Nesses 22 anos, o goleiro Dida passou por diversos clubes do cenário nacional e também internacional, acumulando uma carreira imensamente vitoriosa. 

Fonte: Sport Club Internacional

Pela Seleção Brasileira Dida disputou 3 Copas do Mundo, em 1998 (onde era terceiro goleiro), em 2002 (como goleiro reserva) e em 2006 (atuando como titular). Foi Campeão do Mundo em 2002, além de conquistar a Copa América (1999) e a Copa das Confederações (1997 e 2005). No total foram 91 jogos disputados com a camisa do Brasil.

Dida chegou ao Internacional esse ano e já conquistou o título do Campeonato Gaúcho 2014. A experiência do atleta é extremamente importante para o grupo. Para mais informações sobre o atleta, clique aqui. Abaixo as conquistas do atleta:

Campeonato Baiano (1992) - Vitória
Libertadores da América (1997) - Cruzeiro
Copa do Brasil (1996) - Cruzeiro
Copa Ouro (1995) - Cruzeiro
Copa Master da Supercopa (1995) -Cruzeiro
Campeonato Mineiro (1994,1996,1997 e 1998) - Cruzeiro
Mundial de Clubes da FIFA (2000) - Corinthians
Campeonato Brasileiro (1999) - Corinthians
Copa do Brasil (2002) - Corinthians
Torneio Rio-São Paulo (2002) - Corinthians
Mundial de Clubes da FIFA (2007) - Milan
Liga dos Campeões da UEFA (2002-03, e 2006-07) - Milan
Supercopa Européia (2003 e 2007) - Milan
Campeonato Italiano (2003-04) - Milan
Trofeo Luigi Berlusconi (2002, 2005, 2006, 2007 e 2008) - Milan

Supercopa da Itália (2004) - Milan

Fonte: Sport Club Internacional

Juan

Juan Silveira dos Santos nasceu na cidade do Rio de Janeiro/RJ em 01 de fevereiro de 1979. Iniciou a carreira como zagueiro do Flamengo, clube onde permaneceu por seis anos. Quando deixou o Flamengo o destino foi o time alemão Bayer Leverkusen, onde jogou até 2007. No mesmo ano passou a atuar com a camisa do Roma da Itália. 

Fonte: Sport Club Internacional

Chegou a Porto Alegre em 2012 para assumir a defesa da equipe colorada. Defendendo o Inter Juan conquistou o Campeonato Gaúcho de 2013 e 2014. Alem dos títulos pelo Internacional o jogador ainda tem no currículo as seguintes conquistas:

Campeonato Carioca (1996, 1999, 2000 e 2001) - Flamengo
Taça Guanabara (1996, 1999 e 2001) - Flamengo
Taça Rio (1996 e 2000) - Flamengo
Copa Ouro Sul-Americana (1996) - Flamengo
Copa dos Clubes Brasileiros Campeões Mundiais (1997) - Flamengo
Copa Rede Bandeirantes (1997) - Flamengo
Copa Mercosul (1999) - Flamengo
Troféu São Sebastião (2000) - Flamengo
Copa dos Campeões (2001) - Flamengo
Copa Itália (2007-08) - Roma
Supercopa da Itália (2007) - Roma

Pela Seleção Brasileira Juan disputou duas Copas do Mundo, em 2006 e 2010. Para saber mais sobre o zagueiro, clique aqui.

Fonte: Sport Club Internacional


O centroavante João Alves de Assis Silva, mais conhecido como Jô nasceu em 20 de março de 1987, em São Paulo/SP. Iniciou a carreira no Corinthians com apenas dezesseis anos e se mostrou uma jovem promessa para a equipe paulista. Antes de chegar ao Internacional, Jô passou pelo CSKA Moscou (2005–2008), Manchester City (2008 e 2011), Everton (2009-2010) e Galatasaray (2010). 

Fonte: Sport Club Internacional

Chegou ao Sport Club Internacional em 2011 e conquistou pelo Clube o Campeonato Gaúcho (2012) e a Recopa Sul-Americana (2011). Em 2012 deixou o Inter para jogar no Atlético MG. Abaixo os títulos conquistados pelo atleta: 

Campeonato Paulista (2003) - Corinthians
Campeonato Brasileiro (2005) - Corinthians
Campeonato Russo (2006) - CSKA Moscou
Copa da Rússia (2005-06, 2007-08) - CSKA Moscou
Supercopa da Rússia (2006, 2007) - CSKA Moscou
FA Cup (2010-11) - Manchester City
Minas Gerais Campeonato Mineiro (2013) - Atlético Mineiro
Copa Libertadores da América (2013) - Atlético Mineiro

Pela Seleção Brasileira Jô conquistou a Copa das Confederações FIFA (2013) e está disputando a Copa do Mundo esse ano.

Fonte: Sport Club Internacional

Oscar

Outro atleta que está disputando a Copa do Mundo de 2014 é Oscar dos Santos Emboaba Júnior. Oscar nasceu em 09 de setembro de 1991, em Americana/SP, e iniciou a carreira profissional em 2008 no São Paulo.

Fonte: http://ztona.org/

Em 2010 desembarcou em Porto Alegre para virar uma das principais estrelas do meio-campo do Internacional naquela temporada. Nos três anos que esteve no Inter, Oscar conquistou o Campeonato Gaúcho (2011 e 2012) e a Recopa Sul-Americana (2011). Oscar deixou o Internacional em 2012 para atuar na equipe Inglesa do Chelsea. Completando a lista de títulos do jogador, ainda temos Campeonato Brasileiro (2008) pelo São Paulo e a Liga Europa da UEFA (2012–13), pelo Chelsea.

Fonte: Sport Club Internacional

Nilmar

Nilmar Honorato da Silva nasceu em 14 de julho de 1984, em Bandeirantes/PR, e teve sua estréia como profissional no Internacional em 2002. O Atacante foi um dos destaques do Campeonato Gaúcho em 2003, e em 2004 foi artilheiro da competição, levando o Inter a conquistar o título. Deixou o Clube ainda em 2004 para atuar no Lyon da França. 

Fonte: Sport Club Internacional

Regressou ao Brasil em 2005, contratado pelo Corinthians, e atuou na equipe por duas temporadas. Voltou para o Internacional em 2007 e conquistou o Campeonato Gaúcho de 2008 e 2009, além da Copa Sul-Americana de 2008. Após deixar o Inter, atuou no Villarreal e no Al-Rayyan, e joga pelo Al-Jaish atualmente. Possui os seguintes títulos:

Campeonato Francês (2004-05) - Lyon
Supercopa da França (2005) - Lyon
Campeonato Brasileiro (2005) - Corinthians
Copa do Sheikh Jassem (2012) - Al-Rayyan
Mundial Sub-20 (2003) - Seleção Brasileira

Copa das Confederações (2009) - Seleção Brasileira

Pela Seleção Brasileira principal disputou a Copa das Confederações em 2009, e Copa do Mundo de 2010. 

Fonte: Sport Club Internacional

Júnior Baiano

Raimundo Ferreira Ramos Júnior nasceu em 14 de março de 1970. Iniciou a carreira no Flamengo, em 1989 e nos 20 anos seguintes o zagueiro defendeu mais de quinze equipes. Júnior Baiano vestiu a camisa do Internacional entre 2002 e 2003, conquistando o Campeonato Gaúcho em 2002. 

Fonte: Sport Club Internacional

Sua participação em Copas do Mundo ocorreu em 1998, na França. Pela Seleção foi campeão da Copa das Confederações, em 1997. Possui os seguintes títulos na carreira:

Copa São Paulo de Futebol Junior 1990 (Flamengo)
Copa do Brasil (1990) - Flamengo
Taça Rio (1991) - Flamengo
Campeonato Carioca (1991, 1996 e 2004) - Flamengo
Campeonato Brasileiro (1992) - Flamengo
Recopa Sul-Americana (1994) - São Paulo
Copa Mercosul (1998) - Palmeiras
Copa Libertadores da América (1999) - Palmeiras
Taça Guanabara (2000) - Vasco da Gama
Copa Mercosul (2000) - Vasco da Gama
Campeonato Brasileiro (2000) - Vasco da Gama
Taça Rio (2001) - Vasco da Gama
Supercopa China (2002) - Shenhua
Campeonato Chinês (2003) - Shenhua
Campeonato Brasiliense (2008) - Brasiliense

Junior Baiano encerrou a carreira como jogador em 2009, e agora atua como técnico. 

Lúcio



Lucimar da Silva Ferreira, mais conhecido como Lúcio, nasceu em Brasília/DF em 08 de maio de 1978. Iniciou a carreira profissional no Internacional em 1998 e permaneceu na equipe colorada até 2000. Após deixar o Inter, Lúcio passou pelo Bayer Leverkusen (Alemanha), Bayern Munique (Alemanha), Internazionale (Itália), Juventus (Itália), São Paulo e atualmente joga pelo Palmeiras. Abaixo os títulos conquistados na carreira: 

Bundesliga (2004-05, 2005-06 e 2007-08) - Bayern de Munique
DFB-Pokal (2004-05, 2005-06 e 2007-08) - Bayern de Munique
DFB-Ligapokal (2004 e 2007) - Bayern de Munique
Serie A (2009-10) - Internazionale
Coppa Italia (2009-10 e 2010-2011) Internazionale
Liga dos Campeões da UEFA (2009-10) - Internazionale
Supercoppa Italiana (2010) - Internazionale
Copa do Mundo de Clubes da FIFA (2010) - Internazionale
Supercopa da Itália (2012) - Juventus
Copa do Mundo (2002 ) - Seleção Brasileira

Copa das Confederações (2005 e 2009) - Seleção Brasileira

Fonte: Sport Club Internacional

Pela Seleção Brasileira Lúcio tem cerca de 106 jogos disputados, e participou das Copas de 2002 (campeão), 2006 e 2010. 

As postagens Em clima de Copa do Mundo são possíveis graças às pesquisas realizadas pela Equipe de Pesquisa do Museu do Sport Club Internacional Ruy Tedesco, e a colaboração entre o Arquivo Histórico e o Departamento de Futebol. A documentação apresenta a ligação do atleta com o Sport Club Internacionale mostra como os jogadores eram quando passaram pelo Clube. 

Em breve novas postagens sobre os jogadores que atuaram pelo Sport Club Internacional e que também disputaram Copas do Mundo pelas seleções de seus países. Gostou do post? Deixe um comentário para nós! 

quarta-feira, 9 de julho de 2014

Em clima de Copa do Mundo: Márcio Santos, Gilmar e Rodrigues Neto

Mais três jogadores do Sport Club Internacional que disputaram Copas do Mundo: Márcio Roberto Santos, Gilmar Luiz Rinaldi e José Rodrigues Neto. 


Fonte: Departamento de Futebol

Márcio Roberto Santos nasceu em 15 de junho de 1969, em São Paulo/SP, e iniciou a carreira no no Novorizontino, de Novo Horizonte, em 1987. Sua passagem pelo Internacional foi rápida, apenas o ano de 1991, e lhe rendeu a conquista do Campeonato Gaúcho daquele ano. Após deixar o Inter, Marcio Santos jogou por mais 14 clubes antes de encerrar a carreira em 2006.

Pela Seleção Brasileira, o zagueiro Márcio Santos disputou 42 partidas entre 1990 e 1997, incluindo a Copa do Mundo de 1994. Reserva na primeira partida da Copa, Marcio Santos assumiu a posição a partir do segundo jogo e continuou assim até o apito final da decisão que o consagrou Campeão do Mundo. 

Fonte: Departamento de Futebol

Outro Campeão do Mundo em 1994 foi Gilmar Luiz Rinaldi, terceiro goleiro da Seleção Brasileira. O gaúcho, natural de Erechim, nasceu em 13 de janeiro de 1959 e chegou nas categorias de base do Inter em 1975. Em 1980 passou a atuar pela equipe principal, conquistando os títulos do Campeonato Gaúcho nos anos de 1981, 1982, 1983 e 1984. 

Fonte: Sport Club Internacional

Gilmar deixou o Inter em 1985, passando a atuar como goleiro do São Paulo. Encerrou a carreira em 1999, no Cerezo Osaka do Japão. 

Além dos dois atletas citados anteriormente, podemos incluir na lista o lateral esquerdo José Rodrigues Neto. Natural de Central de Minas/MG, nascido em 16 de dezembro de 1949, o jogador iniciou a carreira no Vitória-ES, passando em seguida a defender a equipe do Flamengo. Chegou ao Inter em 1981 e permaneceu até 1982, conquistando os dois Campeonatos Gaúchos que disputou. Sua participação em Copas do Mundo ocorreu em 1978, onde atuou como titular em cinco dos sete jogos da Seleção Brasileira.

As postagens Em clima de Copa do Mundo são possíveis graças às pesquisas realizadas pela Equipe de Pesquisa do Museu do Sport Club Internacional Ruy Tedesco, e a colaboração entre o Arquivo Histórico e o Departamento de Futebol. A documentação apresenta a ligação do atleta com o Sport Club Internacionale mostra como os jogadores eram quando passaram pelo Clube. 

Em breve novas postagens sobre os jogadores que atuaram pelo Sport Club Internacional e que também disputaram Copas do Mundo pelas seleções de seus países. Gostou do post? Deixe um comentário para nós!